quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Balanço de um ano de blog e sentimentos com relação à decoração

Olá amigos e amigas!

O bloguinho está comemorando seu primeiro aniversário. Lembro-me de quando conheci os blogs de decoração: eles me encantavam e me faziam ficar horas navegando sem ver o tempo passar.

Sempre fui apaixonada por decoração, tendo passado toda a minha infância e adolescência afirmando que quando crescesse seria arquiteta e designer de interiores. Fazendo uma análise mais profunda, atribuo isso ao fato de que não tínhamos uma casa própria e, apesar da pouca idade, sofria muito com todos os problemas que essa falta nos trazia e esse foi um ponto marcante na minha história. Era engraçado porque nessa época eu colecionava todos os panfletos de propaganda de apartamentos, sonhava com aquele mundo de possibilidades, analisava detalhadamente e desenhava plantas de imóveis como as que via nos panfletos.


Mas a vida tomou outros rumos e o sonho de ser arquiteta acabou ficando para trás...

Muito tempo depois conseguimos, com muitas dificuldades, conquistar nossa casa própria, da qual tivemos que abrir mão, por causa do assalto que sofremos, e voltar ao aluguel. Neste ano que passou, estive profundamente envolvida com toda essa angústia e expectativa de ter que abrir mão de uma conquista e recomeçar, enfrentar novamente toda aquela burocracia para conseguir um financiamento e comprar um novo apartamento. Também perdi meu gatinho Frajola, o que me deixou completamente triste e desorientada.

Nesse período, os blogs e revistas de decoração prenderam minha atenção e foram meu norte por um bom tempo. Foi nesse contexto que o interesse pela decoração voltou à minha vida e me animei a criar um blog também, não só sobre decoração, mas para compartilhar todos os assuntos que me interessam, mas, convenhamos que o que predominou por aqui foi a decoração.

É certo que tivemos alguns períodos de desatualização total, porque algumas vezes fico desmotivada ou cansada demais, mas, me proponho a ser mais regular nas postagens. Sei que isso pode ser um pouco polêmico, mas, tenho que confessar que só gosto de postar coisas que eu produzi ou que implantei na minha casa, não gosto de pesquisar fotos de outras pessoas na internet para postar (acho que só tivemos um post assim até hoje aqui no blog). O problema é que manter toda essa "originalidade produtiva" demanda tempo.

Depois de tudo isso, finalmente estou tendo a oportunidade de ter meu novo apartamento como laboratório, no qual posso experimentar novas combinações (incorporei novas cores à minha paleta - abençoado seja o amarelo - e posso dizer que a minha nova casa está com uma carinha bem mais alegre) e dar a nossa cara para aquelas paredes brancas e vazias.

Agora, o que não tem preço é perceber que decoração é uma coisa contagiosa, como um estado de espírito. Pessoas que nunca tiveram afinidade nem interesse por ela, descobrem um mundo novo e sempre saem desse primeiro contato querendo reaproveitar algo que iria pro lixo, customizar uma peça para deixá-la com a sua cara, implementar uma nova ideia em suas casas ou uma nova cor em suas vidas.

E é isso que quero continuar compartilhando com vocês nesse segundo ano do bloguinho. Espero que continuem me acompanhando.

Beijos e parabéns para nós!

Fonte: http://monpetitjournaliste.wordpress.com/2012/08/21/


6 comentários:

  1. Parabéns Érica! Bem lindo o teu texto. Viva as adaptações de sonhos! Um beijo amada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Bia! Você sempre com seus comentários "amados" (tô pegando a mania de falar "amado", kkkkk). Beijos linda!

      Excluir
  2. Parabéns amiga!!! Que o blog dure muitos anos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada meu anjo! Tomara que eu tenha inspiração e criatividade para isso. Beijos!

      Excluir
  3. Que lindo o post Érica ! Dá para sentir que veio do coração ! Que venham mais e mais anos deste blog tão querido. Prometo também vir aqui mais vezes comentar ! Um beijo !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bel, realmente deixei transparecer muito da minha emoção nesse post. São assuntos que aparentemente não tem ligação, mas, que se fundem na minha história de vida mexem comigo. Beijos.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...